1. Biblioteca Nerd: Sangue Inocente de James Rollins e Rebecca Cantrell

    Rah

    Recém formada em Design, planeja trabalhar com moda. Viciada em Harry Potter, Star Wars e na Disney. Gosta de criar sobre mundos fantásticos nas horas vagas.

    Depois de quase dois anos de espera finalmente Sangue Inocente, a continuação de O Evangelho de Sangue de James Rollins e Rebecca Cantrell (que já resenhei aqui), chegou ao Brasil e advinha que foi correndo que nem louca ler? Isso mesmo, euzinha!

    Nesse segundo livro d’A Ordem dos Sanguíneos dois meses se passaram desde as aventuras e desventuras do primeiro livro, a Dra. Erin Granger e o Sargento Jordan Stone estão tentando voltar as suas vidas normais depois de descobrirem que vampiros e outros seres míticos existem e a Igreja Católica vem escondendo isso desde seus primórdios. Até que eles são mais uma vez convocados pelo Cardeal Bernard para ajudarem os sanguíneos desvendarem os mistérios do Evangelho de Sangue e prevenirem a chegada do Armagedom.

    A história se passa no decorre de uma semana, com vários acontecimentos acontecendo simultaneamente e sendo narrados pelo pontos de vista de quase todos os personagens, tanto os mocinhos quanto os vilões. Se o primeiro livro envolvia completamente o leitor com o desenrolar dessa trama de intrigas milenar, esse segundo torna quase que impossível que você pare de ler até chegar ao final. É aquele livro que “lhe obriga” a virar a noite porque você sabe que não vai conseguir fazer mais nada até ter as respostas para as perguntas levantadas no inicio.

    Sangue Inocente se aprofunda mais na história de alguns personagens, principalmente do Padre Rhun Korzaum, mostrando o que os lhes levou a serem as pessoas que são hoje e tomarem as decisões que desencadearam tudo isso. Com isso os autores conseguiram dar ainda mais humanidade aos seus personagens imortais e antiquíssimos, tornando assim suas decisões mais compreensíveis e ao mesmo tempo mostrando que ninguém é puramente bom nem mal.

    Com sua narrativa cheia de detalhes históricos, bíblicos e científicos, seus personagens complexos, suas batalhas de tirar o folego e profecias sobre o fim dos tempos Sangue Inocente só comprova mais ainda que sem dúvidas A Ordem dos Sanguíneos é uma das melhores séries de livros sobre vampiros dessa década. E é muito bom vampiros sendo criaturas aterrorizantes de novo pra variar um pouco.

    Não vejo a hora da Editora Rocco lançar o terceiro e último livro da série, que se chama Blood Infernal e saiu em 2015 lá nos EUA. Na verdade tô torcendo pra que ele saía por aqui ainda esse ano porque eu tô louca pra ver como essa série vai terminar.

    Comente e compartilhe