1. As Meninas Superpoderosas viraram álbum de figurinhas!

    Rah

    Recém formada em Design, planeja trabalhar com moda. Viciada em Harry Potter, Star Wars e na Disney. Gosta de criar sobre mundos fantásticos nas horas vagas.

    Faz quase um ano que As Meninas Superpoderosas voltaram a nos fazer mais felizes nas telinhas com a nova série da Cartoon Network, que como era de se esperar já é um dos programas de maior sucesso da emissora no mundo, e agora elas estão invadindo também as bancas de todo Brasil. É que na semana passada foi lançando pela Panini o Livro Ilustrado oficial As Meninas Superpoderosas, um álbum de figurinhas de 44 páginas para reunir uma coleção de 236 cromos autoadesivos.

    Esse álbum traz fichas dos personagens do desenho, galeria de vilões e principais momentos da nova série. Além disso o álbum também tem uma nova tecnologia de realidade aumentada que permite que os fãs acessem conteúdo exclusivo, como frames para tirar foto com as protagonistas e puzzles, através do aplicativo Panini Fun (disponível gratuitamente para iOS e Android). Para ver o conteúdo exclusivo é preciso baixar o aplicativo, colar as figurinhas nas páginas identificadas com um ícone especial no formato de @ e apontar a câmera do celular ou tablet para a página.

    O Livro Ilustrado oficial As Meninas Superpoderosas custa R$6,90 e os envelopes com cinco figurinhas cada saí por R$1,50. Na loja online da Panini é possível comprar kits especiais, sendo um com 48 envelopes de figurinhas e um álbum por R$56,90 e outro com 24 envelopes e frete grátis por R$28,80.

    Esse lançamento é só mais um nascido da longa parceira da Panini com o Cartoon Network, que já trouxe coisas incríveis como as histórias em quadrinhos Marceline e As Rainhas do Grito, Hora de Aventura com Fionna e Cake e Hora de Aventura – Edição Matemática vol. 1, 2 e 3. Eu tô torcendo pra que As Meninas Superpoderosas ganhem o mesmo tratamento de Hora de Aventura e em breve tenhamos histórias em quadrinhos de Florzinha, Lindinha e Docinho chegando nas bancas.

    Imagens: Divulgação

    Comente e compartilhe